<$BlogRSDUrl$>

Thursday, April 10, 2003

A ELEGANCIA DO COMPORTAMENTO

Existe uma coisa difícil de ser ensinada e que, talvez por isso, esteja cada vez mais rara: a elegância do comportamento.
É um dom que vai muito além do uso correto dos talheres e que abrange bem mais do que dizer um simples obrigado diante de uma gentileza.
É a elegância que nos acompanha da primeira hora da manhã até a hora de dormir e que se manifesta nas situações mais prosaicas, quando não há festa alguma nem fotógrafos por perto. É uma elegância desobrigada.
É possível detectá-la nas pessoas que elogiam mais do que criticam. Nas pessoas que escutam mais do que falam. E quando falam, passam longe da fofoca, das pequenas maldades ampliadas no dia a dia.
Nas pessoas que não usam um tom superior de voz ao se dirigir a frentistas e outras pessoas que os estão atendendo.
Nas pessoas que evitam assuntos constrangedores, porque não sentem prazer em humilhar os outros.
É possível detectá-la em pessoas pontuais.
Elegante é quem demonstra interesse por assuntos que desconhece, é quem presenteia fora das datas festivas, é quem cumpre o que promete e, ao receber uma ligação, não recomenda à secretária que pergunte antes quem está falando e só depois manda dizer se atende.
Oferecer flores é sempre elegante.
É elegante não ficar espaçoso demais .
É elegante não mudar seu estilo apenas para se adaptar ao de outro.
É muito elegante não falar de dinheiro em bate-papos informais ou de forma exagerada.
É elegante retribuir carinho e solidariedade.
Sobrenome, jóias e nariz empinado não substituem a elegância do gesto.
Não há livro que ensine alguém a ter uma visão generosa do mundo, a estar nele de uma forma não arrogante. Pode-se tentar capturar esta delicadeza natural através da observação, mas tentar imitá-la é improdutivo.
A saída é desenvolver em si mesmo a arte de conviver, que independe de status social: é só pedir licencinha para o nosso lado brucutu, que acha que "com amigo não tem que ter estas frescuras".
Se os amigos não merecem uma certa cordialidade, os inimigos é que não irão desfrutá-la. Educação enferruja por falta de uso. E, detalhe: não é frescura.
É A ELEGANCIA DO COMPORTAMENTO...
"Não há caminho novo. O que há de novo é o jeito de caminhar".
(Thiago de Melo)



Recebi esse texto de uma amiga minha e fiquei pensando sobre o tema (huumm, alguem nao tem nada pra fazer no trabalho hoje!! hehehe). Pensei tambem nas conversas que tinha com meus amigos sobre o que eh ser elegante, fino, que dinheiro nao compra esse tipo de pacote. Estava vendo uma entrevista anos atras com o Clodovil e ele falou que teve uma colcao inspirada em uma lavadeira que trabalhava pra ele, uma mulher de meia idade que tinha poucas pecas de roupas, mas que sempre andava arrumadinha, lenco na cabeca e com um andar e um jeito de falar que daria inveja a muitos pais de criancas mimadas.

Tem tambem o caso das celebridades emergentes, que agora tem dinheiro e como proximo passo compram tudo o que eh carissimo e coitados, as vezes ficam mais pro show do Daniel do que pra opera. Eh o caso das rebolativas de grupo baiano, de ex- BBB que investem no silicone, mega hair e misericordia... cada vestido HORROROSO - mas eh versace meu bem. Vamos lembrar que Versace agora nao eh mais a mesma coisa e a missao da irma dele eh vestir a Britney Spears e a Cristina Aguilera que nao sao nenhum exemplo de bom gosto.

Outra "tribo" eh a que um dia foi chique e a gora pertence ao grupo craquele. O caso mais recente eh o da Mariana Kupfer, que sempre estava na Caras, vem de familia rica e depois de ir pra casa dos artistas, provar que eh um peh no saco e dar uns malhos no Alexandre Frota na noite ficou UOH!!! E conseguiu estragar uma musica excelente do Everything but the Girl em pleno horario nobre. Cantada no programa do Gugu, logico meu bem.

Quem me conhece fala que eu sou elegante. Como devagar, sei os truques pra ser fina, andar gracioso conquistado com anos a fio de ballet. Mas lendo o texto vi que eh soh casca mesmo. Falo palavrao, tenho a lingua hiper afiada – mas nao sou mah nao, viu?? – enfim, uma brucutu em pele de gazela !!! hehehe

Mas quero falar que meus amigos queridos sao eleganterrimos porque sao pessoas bacanas, que reclamam quando necessario – em cima do salto obvio- respeitam os outros. Tem as palavras mais bonitas pra te falar quando voce tah meio jururu, amam a boa cozinha, sao curiosos com tudo o que acontece e tem aquela faisca de quem ama aprender e vivenciar novas coisas. Pessoas fascinantes. E isso eh elegante.

Comente

This page is powered by Blogger. Isn't yours?